museus do queijo

Há uma lista de Museus do Queijo da Europa a Minas Gerais. Já que alguns dizem que o queijo tem origem mitológica e divina, museu é um bom lugar para eles. E quem visita museus pode conhecer melhor história e sabores. Afinal sua origem é diversa. Há os que dizem que a receita inicial é egípcia. E assim foi sendo aperfeiçoada e espalhada pelas civilizações no decorrer dos séculos. Mas uma coisa é certa, todos nós amamos essa delícia. Logo, comer queijo fica ainda melhor conhecendo mais sobre eles.

Museus do Queijo da Europa a Minas Gerais – Amsterdã

O Museu do Queijo de Amsterdã traz um pouco da história dos queijos regionais da Holanda. Afinal o país possui mais de 600 anos de tradição na produção. Assim têm mérito suficiente para justificar a existência de um museu destinado a tipos famosos.

Sabores que o mundo conhece são o Gouda, Edam, Leerdammer, Leyden, Maaslander e Maasdam. E ainda são queijos que levam nomes de suas cidades de origem. Assim, quem visita à Holanda e o museu, vai poder saborear todos eles. E ainda, conhecer o cortador de queijo mais caro do mundo, com diamantes incrustados. Todo ele tem o incrível valor de €26 mil. Já em sua parte subterrânea, o museu conta com antigas peças utilizadas na produção de gouda, como formas de madeira, latões de leite, liras, prensas e balanças. Além de acessórios Boska, desenvolvidos especialmente para o corte de queijos.

Mais um museu do queijo na Holanda

Ainda no país das tulipas, o Museu do Queijo de Akmaar está localizado no segundo e terceiro andar da casa de pesagem de Alkmaar. Dessa forma o Museu do Queijo Holandês de Alkmaar explica a produção, história e o lugar de cada queijo na cultura do país. A construção era originalmente uma capela, mas com o tempo foi se transformando na casa de pesagem e museu, de onde você tem uma visão privilegiada da famosa praça Waagplein. O museu conta com uma coleção de itens utilizados na produção de queijos ao longo da história, explica a diferença entre um queijo produzido nas fábricas e queijos produzidos em fazendas, entre outros tópicos interessantes à todo amante de queijo. Caso queira fazer uma excursão guiada, é necessário fazer uma reserva antecipada.

O País dos Queijos

Vale do Emmen

É a região de um dos queijos mais apreciados do mundo. Já que no Vale do Emmen é o berço do famoso queijo Emmental. Assim, quem faz a viagem à Suiça pode conhecer Affoltern. Já que ela está localizada a apenas 100km de Bern, capital da Suiça, é o destino perfeito aos amantes do queijo. E assim visitar pequenos estabelecimentos da região.

Chegando lá, o turista acompanha o processo de produção do queijo Emmental. E ainda, com direito a passar pela experiência de produzir um queijo fresco ao final.

Museus do Queijo da Europa a Minas Gerais - Amsterdã
emmentaler-schaukaeserei

No prédio histórico, construído em 1741, se pode ver como os queijos eram produzidos manualmente no século XVII. Assim, sob um fogareiro e com utensílios artesanais, o visitante conhece a fabricação do queijo pelo método tradicional. Mas, para quem prefere conhecer o processo mais industrializado, a cidade conta com outros passeios mais modernos. Onde visitantes poderão acompanhar todas as etapas, desde a preparação do leite até a maturação do queijo. E sempre com explicações sobre a formação das olhaduras e o diâmetro perfeito do queijo Emmental.

Gruyères e sua queijaria

La Maison de Gruyères está localizada na cidade de Gruyères na Suiça. A queijaria, aberta todos os dias, propõe uma imersão no universo do Gruyère. Assim o visitante acompanha a produção do rei dos queijos. E tudo isso em uma visita com duração aproximada de 30 a 45 minutos. Ela é comentada através de um aparelho de áudio, disponível em 13 línguas. E ao final, você experimentará um pequeno pedaço desse tesouro. Mas se esse pedacinho não matar seu desejo tem loja e restaurante próprio. Enfim, diversas entradas e pratos para você apreciar inclusive o famoso fondue.

fonte: www.lamaisondugruyere.ch

Portugal e seu museu do queijo de Pêraboa

O Museu do Queijo de Pêraboa está localizado na freguesia de mesmo nome. Um espaço aconchegante. Já que seus 634m² permitem aos seus visitantes conhecerem o processo de produção de um dos queijos mais admirados do mundo. Portanto, estamos falando do queijo Pêraboa de Portugal.

Museus do Queijo da Europa a Minas Gerais - Amsterdã - portugual - peraboa - queijo de ovelha
fonte: Visit Center of Portugal

O museu tem dois trajetos paralelos, um museológico e um gastronômico. O que assim permite experiências diferentes aos visitantes. Ao final o visitante conhecerá as técnicas e utensílios seculares. Além disso, o passeio ainda permite ao visitante conhecer as características do queijo Kosher, de leite de ovelha. Também produzido em Pêraboa, seguindo os preceitos da religião judaica.

Museus do Queijo da Europa a Minas Gerais, uai?!

O Museu Queijo Canastra está localizado na cidade mineira de Medeiros. Fica a 286Km da capital Belo Horizonte. Assim o Museu do Queijo de Medeiros começou a ser implantado após a reforma do matadouro municipal. A partir daí foi feito com recursos da prefeitura e da Secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. A cidade é um dos municípios integrantes do Circuito da Serra da Canastra, juntamente com outras 11 cidades do estado de Minas Gerais. Já que a região do Serro e da Canastra são grandes produtoras de queijos premiados.

fonte: Mundo do Queijo – queijo com doce de leite Viçosa – delícias que são patrimônio do Mineiro
Compartilhe